Circuito Gastronômico da FLIPO    Encontro Pernambucano de Escritores    Congresso Mundial de Engenheiros Escritores   Alameda dos Livros - a feira de livros da FLIPO    

Sucesso absoluto! FLIPO 2016 surpreende prognósticos mais otimistas

A FLIPO 2016, ocorrida entre os dias 01 e 04 de setembro, na vila de Porto de Galinhas, no município do Ipojuca, no litoral sul de Pernambuco, ocupou o chamado Território da Palavra com muita animação cultural, distribuindo atividades vinculadas às artes em 14 pontos de animação - palcos Pitanga, Estação do Sol, espaços Outros Olhares (tendas holística e cigana), Escoteiros do Brasil, Faz de Conta, Tribuna da Arte, FestFLIPO, ArtFLIPO, Vitrine de Lançamentos, FLIPOstore, Cidade Cenográfica e tendas da Alameda dos Livros espalhadas pelas ruas Beira Mar, Esperança e Beijupirá - fazendo a alegria de jovens de todas as idades. 

Este ano, além dos espaços tradicionais - Congresso Literário, FestFLIPO (novo nome da FLIPO cultural), Espaço Mágico Faz de Conta, Galeria ArtFLIPO, Tribuna da Arte, Alameda dos Livros e Vitrine de Lançamentos - e da realização conjunta do Congresso Mundial de Engenheiros Escritores e do Encontro Pernambucano de Escritores, a FLIPO se associou à programação da Cidade Cenográfica Sitio do Pica Pau Amarelo e incorporou os espaços 'Outros olhares', com as tendas Holística e Cigana, e 'Escoteiros do Brasil'

ABERTURA

A abertura da FLIPO 2016 ocorreu noite da 5ª feira, dia 01 de setembro, em palco armado na Praça das Piscinas Naturais, em solenidade com apresentação do poeta e jornalista Eduardo Garcia e show com a orquestra e corpo de dança do Movimento Pró-Criança, com regência do maestro Crisóstomo Santos e direção de coreografia de Ramalho Júnior. Na oportunidade, o escritor Alexandre Santos agradeceu o apoio dos parceiros da Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural, destacando a contribuição da Prefeitura do Ipojuca, STAMPA Mídia Exterior, Jornal Folha de Pernambuco, Faculdade de Olinda (FOCCA), Restaurante Pitanga Sabores de Terra, Café da Moeda, Restaurante Pescaria, União Brasileira de Escritores (UBE), Associação Brasileira de Engenheiros Escritores (ABRAEE), Clube de Engenharia de Pernambuco, Movimento Pró Criança, Rádio e TV Universitária, Governo do Estado de Pernambuco, através da FUNDARPE e Companhia Editorial de Pernambuco.

 

 

CONGRESSO LITERÁRIO e CONGRESSO MUNDIAL DE ENGENHEIROS ESCRITORES

Festa Literária Internacional do Ipojuca - FLIPO       Congresso Mundial de Engenheiros Escritores

Em encontro entre os dias 02 e 04 de setembro, em promoção conjunta, a FLIPO 2016 realizou o tradicional Congresso Literário e o Congresso Mundial de Engenheiros Escritores no chamado Porto da Palavra, instalado no salão de convenções do Restaurante Pitanga - sabores da terra, na Rua da Esperança, 130, na vila de Porto de Galinhas.

Com coordenação geral do escritor Alexandre Santos, apresentação do poeta e jornalista Eduardo Garcia, produção executiva de José Luiz Sobrinho e produção artística de Vitória Grotkowski, o Porto da Palavra contou com a participação de 36 palestrantes e, ainda, do coral do Movimento Pró Criança. 

A realização conjunta do Congresso Literário da FLIPO 2016 e III Congresso Mundial de Engenheiros Escritores cumpriu extensa programação. Na 6ª feira, dia 02 de setembro, a jornada começou com debate sobre a presença Sefardita no Nordeste com a participação dos professores e escritores Jefferson Linconn e Onido Moreno. Em seguida João Job e Fernando Marroquim falaram sobre a sociedade da Informação, enfatizando a inclusão socio-digital e as mudanças nas organizações. 'Literatura e mudança' foi o tema da palestra proferida pelo professor Bezerra de Lemos. Na sequencia, em mesa coordenada pelo escritor Caesar Malta Sobreira, os professores Douglas de Almeida e Clériston de Andrade discutiram Literatura e contracultura, falando sobre a tradição e discutindo os aspectos da transição e da ruptura. Depois da jornalista Tatiana Meira falar sobre 'Jornalismo e mudança', o artista plástico Manuel Dantas Suassuna falou sobre a Ilumiara Jaúna (herança), que inspira o romance não publicado de Ariano Suassuna. No começo da noite, sob a regência do maestro Otávio Góes, oi coral do Movimento Pró Criança fez apresentação e, em seguida, a jornalista Jô Mazzarolo falou sobre a evolução da linguagem usada na televisão.

 

        

Fechando o primeiro dia da programação conjunta do Congresso Literário da FLIPO 2016 e III Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, sob a presidência do engenheiro escritor Ney Perracini, presidente do Centro de Letras do Paraná, e coordenação do escritor José Renato Siqueira, chanceler de homenagens da Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural, a Associação Brasileira de Engenheiros Escritores prestou homenagem ao poeta português Ernesto Melo e Castro, que, após curto discurso de agradecimento, proferiu Conferência Magna sob o título 'Pensar para que?'.

No sábado, dia 03 de setembro, a programação conjunta do Congresso Literário da FLIPO 2016 e III Congresso Mundial de Engenheiros Escritores iniciou com palestra do produtor cultural Sérgio Santos, que falou sobre a importância da leitura em palestra intitulada ' Ler para transformar o mundo'. Na sequência, em painel constituído como registro pela passagem dos 400 anos da morte de Cervantes, o professor espanhol José Alberto Poza falou sobre 'Literatura, mudança, romance: Lazarilho de Tormes x Dom Quixote' e o escritor Francisco Dacal falou sobre a vida de Miguel de Cervantes. Ainda na jornada da manhã, o acadêmico Ricardo Bezerra, presidente da Academia Paraibana de Letras Jurídicas, proferiu a palestra 'literatura e redução penal' (clique aqui e veja a palestra na íntegra). Iniciando a programação da tarde, o escritor Antonio Nunes (TonTon) falou sobre 'Literatura para a infância' (clique aqui e veja a palestra na íntegra). Em seguida, o escritor Raimundo Carrero proferiu palestra sobre a mudança literária no século XX. Após palestra do embaixador espanhol Fernando Martinez sobre as transformações esperadas para o mundo até 2030, o professor José Mário Austregésilo abordou a Mudança como um irreversível processo de cultura humana. 'A livraria Livro 7 e o seu tempo' foi o tema do livreiro e editor Tarcísio Pereira, que falou antes do professor Luis Reis, que falou sobre Cultura e Universidade.

Fechando a programação conjunta do Congresso Literário da FLIPO 2016 e III Congresso Mundial de Engenheiros Escritores, em cerimônia presidida pelo escritor Alexandre Santos, curador geral da Festa Literária Internacional do Ipojuca, sob a coordenação do escritor José Renato Siqueira, chanceler de homenagens da Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural, e participação especial do engenheiro escritor Ney Perracini, presidente do Centro de Letras do Paraná, da executiva Ana Cristina Morais da Silva, diretora de cultura da Prefeitura do Ipojuca, e da escritora Margarida Cantarelli, presidente da Academia Pernambucana de Letras, a Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural fez a entrega do Diploma e Troféu ao poeta Marcus Accioly, Grande Homenageado da FLIPO 2016, que, na sequencia, proferiu a Conferência Magna do encontro.

No domingo, dia 04 de setembro, o Congresso Literário da FLIPO 2016 foi encerrado com programação especial do projeto literário da Associação das 'Mulheres que mudaram a história de Pernambuco'. Após pronunciamentos da produtora cultural Silene Floro, do jornalista Ramos Silva e do advogado Ney Araújo, com a participação de Geovane Tenório, Jornalista Bianka Carvalho, Joaquim Neto, Cristina Amaral e Irah Caldeira, Roda de Conversa discutiu 'O poder da mulher e sua auto-estima'.

O Congresso Literário foi encerrado com show das cantoras Cristina Amaral e Irah Caldeira, acompanhadas pelo sanfoneiro Dudu do Acordeom,

    

 

ENCONTRO PERNAMBUCANO DE ESCRITORES

      

Em encontro entre os dias 02 e 04 de setembro, em jornada no âmbito da FLIPO 2016, a Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural realizou a 6ª edição do Encontro Pernambucano de Escritores no chamado Palco Estação do Sol, no salão de convenções do Hotel Estação do Sol, na Rua da Praia, em Merepe II, na vila de Porto de Galinhas.

Com coordenação geral da poetisa Olívia Beltrão e apresentação da escritora Socorro Costa, o Encontro Pernambucano de Escritores contou com a participação de 16 palestrantes em extensa programação.

 

Na 6ª feira, dia 02 de setembro, a jornada começou com palestra do professor Neilton Limeira sobre 'Letras, Línguas e Literaturas'. Na sequência, o poeta e jurista Adalberto Arruda proferiu a palestra 'Paulo Cardoso Dias, um grande poeta'. A jornada prosseguiu com palestra do escritor Edson Mendes sobre 'A Invenção de Paulo Afonso'. A Crônica e o Conto foi o tema do escritor Paulo Paiva. Encerrando a programação diária, o escritor Sandoval Ferreira falou sobre 'Humor, cordel e repente'.

   

A programação do sábado, dia 03 de setembro, começou com palestra da poeta Rosalia Dinelli, presidente da Associação Nordestina de Trovadores, que falou sobre 'A poesia revelada'. Na sequência, a escritora e musicista Leny Amorim, presidente da Academia Pernambucana de Música, proferiu a palestra sobre a 'Arte de Contar Histórias...da Parábola Aos Nossos Dias'. Em seguida, o professor Admmauro Gommes falou sobre os 'Fundamentos da poética contemporânea', abrindo lugar para a escritora Eugênia Miranda, que falou sobre o livro 'Simples mente - Mude sua mentalidade e sua vida'. Encerrando a programação do dia, o Encontro Pernambucano de Escritores recebeu o escritor Antônio Alves, autor do livro 'Abelardo e sua Arte'.

   

A programação do Encontro Pernambucano de Escritores encerrou no domingo, dia 04 de setembro, quando, após palestra do escritor Alberto Rodrigues de Oliveira sobre ' O papel do IHGP na manutenção da raiz cultural', sob coordenação do professor Neilton Limeira, diretor de Grandes Eventos da UBE, os professores Francisco Mesquita, Nelma Gomes, Patrícia Lira e Wanda Cardozo discutiram Leitura, literatura e mudança.

 

 

ALAMEDA DOS LIVROS

Alameda dos Livros - a feira de livros da FLIPO

Alameda dos Livros é o nome da feira de livros que funciona no âmbito da FLIPO, colocando livros de excelente qualidade aqueles que se interessam em levar um pouco da literatura discutida na festa sob forma de livro. Este ano, além do tradicional estande no interior do espaço Porto da Palavra, sob a responsabilidade do Movimento de Valorização do Livro e do Autor Pernambucanos, a FLIPO criou a FLIPOstore, que funcionou associada à Vitrine de Lançamentos, em tenda específica na confluência das Ruas Beijupirá e Esperança, e espraiou e ampliou a feira de livros, colocando estandes nas ruas Beira Mar, Esperança e Beijupirá sob a coordenação da executiva Marina Sales.

 

FestFLIPO (antiga FLIPO cultural)

FestFLIPO é o atual nome do momento FLIPO cultural no qual, através de show musicais, a FLIPO se entrega à descontração, oferecendo música de boa qualidade. Este ano, como nos anos anteriores, a FestFLIPO limitou-se ao tradicional Show das Nove, na Praça das Piscinas Naturais, com a participação do Coral do Movimento Pro Criança com regência do maestro Otávio Góes, na 6ª feira, dia 02 de setembro, e apresentação do grupo de forró Donato & Banda, no sábado, dia 03 de setembro.

 

Tribuna da Arte

Tribuna da Arte é o momento que, sob a coordenação da atriz e poeta Bernadete Bruto, a FLIPO abre os microfones do Palco da Piscinas Naturais, na Praça das Piscinas Naturais para a manifestação artística de todos os interessados. Este ano, por razões operacionais, em muitas ocasiões a Tribuna da Arte se misturou com o Show das Nove, oferecendo excelente resultado. Entre os artistas que se apresentaram na Tribuna da Artes estão Ronaldo César, Colli Holanda, Poetas do Improviso, Josessandro Andrade, Luis Carlos Dias e Paulo Viola.

 

Espaço OUTROS OLHARES

Sempre ousada, em 2016, a FLIPO lançou um olhar sobre o instigante universo místico da cultura literária e, já contando com inevitáveis controvérsias, com coordenação de Natália Tavares e produção executiva de Edson Marques, criou um espaço específico para apresentação e discussão de outras formas de compreender, sentir e mostrar o mundo. O Espaço Outros Olhares contou com a Tenda Holística, erguida na Rua Beijupirá, para a apresentação de vivências e palestras, e a Tenda Cigana, erguida na Rua Beira Mar, para possibilitar o contato dos interessados com o Tarô pela cigana Christiam..

Na Tenda Holística, erguida na Rua Beijupirá, o Espaço Outros olhares começou as atividades na 6ª feira, dia 02 de setembro, com a apresentação de Vivência de Tai Shi Shuan pelo mestre Carlos Gomes e participação especial de Michel Peneveyre, presidente da Associação Asas sobre Rodas, que reúne pessoas com problemas sérios de locomoção. Na sequência, sob coordenação de Natália Tavares, a Mesa Destinos apresentou palestras de Leonardo Pimentel, sobre o Tarot Sagrado Vistas Teosóficas e Eubióticas, da Ângela Brainer, que proferiu a palestra 'O Caminho da Estrela – Astrologia x Destinação', e da professora Martha Perrucci, que falou sobre 'Oráculos: revelação da Verdade'

No sábado, dia 03 de setembro, com a facilitação de Mércia Andrade e explanação de Daniela Cunha, a programação da Tenda Holística iniciou a celebração de Danças Circulares e Danças da Paz Universal. Na Tenda Holística, na Rua Beijupirá, sob coordenação de Natália Tavares, a mesa 'Alquimia do Corpo – Curando Corpo e Alma' recebeu Walney Neves, que proferiu a palestra 'Acupuntura: Caminho da Harmonização'. Em seguida, após palestra de Giorgia Maciel sobre Consciência Quântica Multidimensional', a tenda holística apresentou palestra de Jacinta Maria Siebra Brito, que falou sobre 'Reike: Expressão do Amor'. Ainda na programação do Espaço Outros Olhares, Bárbara Bastos falou sobre 'Vegetarianismo & Veganismo – Outro olhar sobre a comida' e o monge Hare Krishna Setukara falou sobre os benefícios da relação com Deus. Encerrando a programação da tenda holística, Tibério Siebra conduziu degustação de pães artesanais.

 

      

Na Tenda Cigana, erguida no calçadão Beira Mar, além da Leitura do Tarô por Christian Soares, em apresentação que, logo, se estendeu por todo Território da Palavra, uma oficina de Dança Cigana encantou a todos.

 

 

Espaço Mágico FAZ DE CONTA

Em atividade que, este ano, foi reforçada pela parceria firmada com o produtor Kiko Lacerda, que ofereceu os encantos da Cidade Cenográfica com o tema Sitio do Pica Pau Amarelo na Rua Beijupirá, a FLIPO 2016 repetiu o sucesso do Espaço Mágico Faz de Conta, com programação infantil na Praça das Piscinas Naturais com curadoria da professora Maria José Arimatéia, coordenação de Rômulo Ramos e participação dos grupos 'Coletivo Maria vai com as outras' - Rosicleide Trindade Dos Santos, Ieda Regina Mendes Emídio, Maria Auxiliadora de Figuerêdo Barros, Rejane Cristina dos Santos Pinheiro e Ivone Mendes Emídio -; 'Doutores da História' - Maria Cristina da silva, Maria do Socorro Silva, Maria do Carmo Alves, Maria Tatiane Santos, Silva, Cícera Maria Santos, Maria da Conceição Araújo Rodrigues Silva, Katia Mitiê Veríssimo - e 'Sacoleitura' - Maria José Arimateia, Simone Arimateia e Rosário Gomes - em atividades de leitura de rosto escondido e Contação de Histórias.

 

Cidade Cenográfica

A Cidade Cenográfica é um empreendimento idealizado e realizado por Kiko Lacerda, que, no curso de parceria firmada com a Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural, animou a cena da FLIPO 2016, com grande movimentação na Rua Beijupirá, com o tema 'Sítio do Pica-pau Amarelo', da obra de Monteiro Lobato.

 

Espaço Art-FLIPO

O Espaço Art-FLIPO é o ambiente reservado pela Festa Literária Internacional do Ipojuca para a divulgação de obras e artistas plásticos. Este ano, o Espaço Art-FLIPO foi instalado na Galeria HTUR, na Rua Beira Mar, e apresentou exposição individual da consagrada pintora internacional Vera Sato. 

 

Vitrine de Lançamentos

A Vitrine de Lançamentos é o ambiente reservado pela Festa Literária Internacional do Ipojuca para a apresentação e lançamento de livros. Este ano, a Vitrine de Lançamentos foi instalada em tenda erguida na confluência das Ruas Esperança e Beijupirá e, sob a coordenação do professor Neilton Limeira, foi palco para o lançamento dos livros 'A poesia', de João Dummar; 'Como e porque sou filósofo, sendo e não sendo antropólogo', de Caesar Sobreira; 'Movimento Poetas na Praça: entre a transgressão e a tradição', de Douglas de Almeida; 'Minha verdade sobre a ditadura em 64 charges', de Clériston Andrade; 'Arca do Tempo', de Eugênia Menezes; 'Com cheiro de mar e quixabeira', de Josessandro Andrade; 'e Simples Mente', de Eugênia Miranda.

   

 

FLIPO store

Circuito Gastronômico da FLIPO  

Este ano, junto com a Vitrine de Lançamentos, em tenda erguida na confluência das Ruas Esperança e Beijupirá, sob coordenação da executiva Gabriela Santa Cruz, funcionou a chamada FLIPOstore, ponto de apoio aos turistas, especialmente em relação a informações sobre o Território da Palavra e circuitos turístico e gastronômico

 

Espaço ESCOTEIROS DO BRASIL

  

Este ano, criando mais uma oportunidade de congraçamento e aprendizado, a FLIPO criou o Espaço Escoteiros do Brasil, que sob a coordenação geral de Sérgio Santos, reuniu dezenas de escoteiros na Praça das Esculturas, à beira mar, na vila de Porto de Galinhas. Entre as atividades desenvolvidas pelos grupos destacaram-se a divulgação do movimento, incluindo sua Literatura, Canções e Jogos, a demonstração de Nós e Amarras, a apresentação de atividades náuticas; oficinas sobre a utilização correta de equipa-mento de segurança náutica. Os diversos grupos estiveram acompanhados pelos instrutores Alex Rocha, Bruna Rafaela, Henrique Banda, Ivanildo Araújo, Almon Almeida, Manasses Monteiro, Ivaldo Vieira, Leoclaúdio Nascimento, Alexandre Bernardino e Mayara Nascimento.

 

Solenidade de Encerramento

As 12h30 do domingo, dia 04 de setembro, com show de Isaac Sete Cordas e banda, no Palco das Piscinas Naturais, a FLIPO concluiu a edição 2916 da festa literária de Porto de Galinhas. Na ocasião, o jornalista e poeta uruguaio Eduardo Garcia reiterou os agradecimentos da Câmara Brasileira de Desenvolvimento Cultural aos parceiros STAMPA Mídia Exterior, Jornal Folha de Pernambuco, Faculdade de Olinda (FOCCA), Restaurante Pitanga Sabores da Terra, Café da Moeda, Restaurante Pescaria, União Brasileira de Escritores (UBE), Associação Brasileira de Engenheiros Escritores (ABRAEE), Clube de Engenharia de Pernambuco, Movimento Pró Criança, Rádio e TV Universitária, Governo do Estado de Pernambuco, através da FUNDARPE e Companhia Editorial de Pernambuco e Prefeitura do Ipojuca.

"No próximo ano, a FLIPO estará de volta. Podem anotar: nos dias 21, 22, 23 e 24 de setembro de 2017, a Festa Literária Internacional do Ipojuca voltará a animar estas ruas e praças com muita arte e cultura... No próximo ano, a FLIPO vai a discutir ‘o popular e o erudito na formação da arte literária em todos os tempos’. No próximo ano, o projeto FLIPO quer começar mais cedo, realizando concursos junto à rede de ensino e levando atividades literárias e culturais a todos os distritos do município, numa jornada que culminará com a Festa de setembro, quando terá o romancista Raimundo Carrero como Grande Homenageado".
 

   

     

 

PORTO DE GALINHAS: um lugar de gente bonita e charmosa - FLIPO: um momento de congraçamento, festa e celebração

        

   

   

   

 

A FLIPO e a comunidade: cuidado com o público presencial e com o público remoto

     

 

Durante muitos dias, a TV Universitária veiculou chamada para a FLIPO 2016. Veja o link do vídeo:

https://www.wetransfer.com/downloads/75d07d0f6d7b4df6cf5812e341200cbe20160824144411/db23b4da80face928e9fa677b7f9f40220160824144411/f6d135#

 

A FLIPO 2016 mereceu destaque no noticiário da Rede Globo, conforme pode ser verificado nos links a seguir:

http://g1.globo.com/pernambuco/videos/v/festa-literaria-chega-a-porto-de-galinhas-neste-fim-de-semana/5278008/

http://g1.globo.com/pernambuco/videos/t/todos-os-videos/v/porto-de-galinhas-recebe-festa-literaria-internacional/5279197/

http://g1.globo.com/pernambuco/videos/v/quarta-edicao-da-flipe-segue-ate-domingo-em-porto-de-galinhas/5277275/

 

Os artistas

 

        

 

     

 

     

  

 

       

Os parceiros

    

        

   

        

Equipe Geral da FLIPO 2016

Curadoria e coordenação Geral: Alexandre Santos

Chanceler de Homenagens: José Renato Siqueira

Apresentadores

Eduardo Garcia (Abertura, Encerramento e Congressos)

Socorro Costa (Encontro Pernambucano de Escritores)

Coordenadores

Sérgio Santos (Espaço Escoteiros do Brasil)

Roseângela Almeida (música e coreografia)

Olívia Beltrão (Encontro Pernambucano de Escritores)

Natália Tavares (Palco Outros Olhares)

Rômulo Ramos (Espaço Mágico do Faz de Conta)

Bernadete Bruto (Tribuna da Arte)

Marina Sales (Alameda dos Livros)

Gabriela Santa Cruz (Circuito Turístico e Gastronômico)

Neilton Limeira (Vitrine de Lançamentos)

Curadoria setorial

Maria José Arimatéia (Espaço Mágico do Faz de Conta)

Produção executiva

José Luiz Sobrinho (Território da Palavra)

Edson Marques (Palco Outros Olhares)

Produção artística:

Vitória Grotkowski (Palco Porto da Palavra)

Criação e Arte: Luiz Arrais e Aluisio Ricardo da Costa Filho

Fotografia: Dalva Oliveira, Sílvio Oliveira e Clóvis Ferreira

Serviços gerais: Paulo Roberto Cavalcanti e Claudete Josefa da silva

Comunicação: Mariana Oliveira

Coordenação financeira: Adelaide Rego

Operação de Mídia: Eduardo Luna

Serviços administrativos: Sueli Maria da Silva

 

Programação geral da FLIPO 2016

ABERTURA
Dia 01 de setembro
20h00
Local: Palco das Piscinas Naturais
Evolução do Maracatu do Movimento Pró-Criança com regência do mestre Tarcísio Resende
Apresentação: Eduardo Garcia
Show de Abertura: Orquestra e Corpo de dança do Movimento Pró-Criança, com regência do maestro Crisóstomo Santos e direção de coreografia de Ramalho Júnior.

Congresso Literário e III Congresso Mundial de Engenheiros Escritores
Porto da Palavra
Tenda Beijupirá
Local: Salão de Convenções do Restaurante Pitanga – sabores da terra, na rua da Esperança, 130.
Coordenação Geral: Alexandre Santos
Apresentação: Eduardo Garcia
Produção executiva: Sérgio Santos
Produção artística: Vitória Grotkowski
Colaboração especial: José Luiz Sobrinho

DIA 02 DE SETEMBRO (6ª FEIRA)
10h00 – Debate: A presença Sefardita no Nordeste
Debatedores: Jefferson Linconn e Onido Moreno

10h40 – Sociedade da Informação: inclusão sociodigital e as mudanças nas organizações
Palestrantes: João Job e Fernando Marroquim

15h00 – Literatura e mudança
Palestrante: Bezerra de Lemos

15h40 – Literatura & contracultura: tradição, transição ou ruptura?
Mediação: Caesar Malta Sobreira
Painelistas: Douglas de Almeida & Clériston de Andrade

16h50 – Jornalismo e mudança
Palestrante: Tatiana Meira

17h40 – Ilumiara Jaúna (herança)
Palestrante: Manuel Dantas Suassuna

18h20 – Coral do Movimento Pro Criança
Regência: Otávio Góes

19h00 – Linguagem para ser falada
Palestrante: Jô Mazzarolo

19h30 – Homenagem ao engenheiro-escritor Ernesto Melo e Castro
Presidência: Ney Perracini
Coordenação – José Renato Siqueira

Conferência Magna: Pensar para que?
Ernesto Melo e Castro

DIA 03 DE SETEMBRO (SÁBADO)

10h00 – Ler para transformar o mundo
Palestrante: Sérgio Santos

11h00 – Painel: 400 anos da morte de Cervantes
Palestra: Literatura, mudança, romance: Lazarilho de Tormes x Dom Quixote
Palestrante: José Alberto Poza
Palestra: Miguel de Cervantes: grande vida
Palestrante: Francisco Dacal

14h30 – A literatura como instrumento de redução penal, ressocialização e sua aplicabilidade no direito penal com abrangência no âmbito do menor em conflito com a lei
Palestrante: Palestrante: Ricardo Bezerra

15h00 – Literatura para a infância
Palestrante: Antonio Nunes (TonTon)

15h30 – Mudança literária no século XX
Palestrante: Raimundo Carrero

16h00 – O mundo em 2030
Palestrante: Fernando Martinez

16h30 – Mudança, um irreversível processo de cultura humana.
Palestrante: José Mário Austregésilo

17h00 – A livraria Livro 7 e o seu tempo
Palestrante: Tarcísio Pereira

17h50 – Cultura e Universidade
Palestrante: Luis Reis

19h00 – Homenagem ao Poeta Marcus Accioly
Coordenação: José Renato Siqueira

Dispositivo de honra: Ana Cristina Morais da Silva, Alexandre Santos e Nei Perracini

Conferência Magna de Encerramento

DIA 04 DE SETEMBRO (DOMINGO)

10h00 – Mulheres que mudaram a história de Pernambuco

Pronunciamentos da produtora cultural Silene Floro, do jornalista Ramos Silva e do advogado Ney Araújo sobre o Projeto Literário Mulheres que Mudaram a História de Pernambuco.

Roda de Conversa - O poder da mulher e sua autoestima!

Participantes: Geovane Tenório, Jornalista Bianka Carvalho, Joaquim Neto, Cristina Amaral e Irah Caldeira.

Encerramento - Acompanhadas pelo sanfoneiro Dudu do Acordeon, Cristina Amaral e Irah Caldeira cantam música em homenagem as mulheres.

Encontro Pernambucano de Escritores - 2016
Palco Estação do Sol
Hotel Estação do Sol – Rua da Praia, Merepe II
Coordenação: Olívia Beltrão
Apresentação: Socorro Costa

02 DE SETEMBRO DE 2016

10h00 - Letras, Línguas e Literaturas
Palestrante: Neilton Limeira

10h40 – Paulo Cardoso Dias, um grande poeta
Palestrante: Adalberto Arruda

15h30 – A Invenção de Paulo Afonso
Palestrante: Edson Mendes

16h10 – A Crônica e o Conto
Palestrante: Paulo Paiva

17h00 – Humor, cordel e repente
Palestrante: Sandoval Ferreira

03 DE SETEMBRO DE 2016

10h00 – A poesia revelada
Palestrante: Rosalia Dinelli

10h40 – A Arte de Contar Histórias...da Parábola Aos Nossos Dias
Palestrante: Leny Amorim

15h00 – Fundamentos da poética contemporânea
Palestrante: Admmauro Gommes

15h40 – SIMPLES MENTE - Mude sua mentalidade e sua vida.
Palestrante: Eugênia Miranda

16h20 – Abelardo e sua Arte
Palestrante: Antônio Alves

04 DE SETEMBRO DE 2016 – ESTAÇÃO DO SOL

10h00 – O papel do IHGP na manutenção da raiz cultural
Palestrante: Alberto Rodrigues de Oliveira

10h30 – Leitura, literatura e mudança
Coordenação: Neilton Limeira
Participação dos professores Francisco Mesquita, Nelma Gomes, Patrícia Lira e Wanda Cardozo.

Espaço Outros olhares
Sempre ousada, em 2016, a FLIPO lança um olhar sobre o instigante universo místico da cultura literária e, já contando com inevitáveis controvérsias, cria um espaço específico para apresentação e discussão de outras formas de compreender, sentir e mostrar o mundo.

Coordenação: Natália Tavares
Produção executiva: Edson Marques

02 DE SETEMBRO DE 2016
Tenda Holística
Rua Beijupirá

16h00 – Vivência: Tai Shi Shuan
Coordenação: Carlos Gomes e participação especial de Michel Peneveyre

17h00 – Mesa: Destinos
Coordenação: Natália Tavares

Tarot Sagrado Vistas Teosóficas e Eubióticas
Palestrante: Leonardo Pimentel

O Caminho da Estrela – Astrologia x Destinação
Palestrante: Ângela Brainer

Palestra: Oráculos: revelação da Verdade
Palestrante: Martha Perrucci

Tenda Cigana
Calçadão Beira Mar
16h00 ás 18h00 - Leitura do Tarô
Christian Soares

Área externa da Tenda holística
19h30 às 20h30 - Oficina de Dança Cigana
Christian Soares

03 DE SETEMBRO DE 2016

16h00 - Área externa da Tenda holística
Rua da Esperança

Circulares Celebração e Cura!
Explanação: Daniela Cunha
Danças Circulares e Danças da Paz Universal
Facilitadora: Mércia Andrade

Tenda Holística
Rua da Esperança

17h00 – Mesa: Alquimia do Corpo – Curando Corpo e Alma
Coordenação: Natália Tavares

Acupuntura: Caminho da Harmonização
Palestrante: Walney Neves

Consciência Quântica Multidimensional
Palestrante: Giorgia Maciel

Reike: Expressão do Amor
Palestrante: Jacinta Maria Siebra Brito

19h00 – Vegetarianismo & Veganismo – Outro olhar sobre a comida
Palestrante: Bárbara Bastos

19h30 – Os benefícios da relação com Deus
Palestrante: Setukara das – Monge Hare Krishna

20h00 – Pães artesanais
Expositor: Tibério Siebra

Tenda Cigana - Calçadão Beira Mar
16h00 ás 20h30 - Leitura do Tarô
Christian Soares

FestFLIPO – show das Nove
Praça das Piscinas Naturais

6ª feira, dia 02 de setembro
Coral do Movimento Pró-Criança
Regência: Otávio Góes

Sábado, dia 03 de setembro
Donato e Banda

Espaço Mágico Faz de Conta

Palco: Piscinas Naturais
Curadoria: Maria José Arimatéia
Coordenação: Rômulo Ramos

02 DE SETEMBRO (6ª FEIRA)

Manhã – das 09h00 às 11h30
Leitura de rosto escondido / Contação de História
Coletivo Maria vai com as outras
Sacoleitura

Tarde – das 15h00 às 18h00
Leitura de rosto escondido / Contação de História
Coletivo Maria vai com as outras
Sacoleitura

03 DE SETEMBRO (SÁBADO)

Manhã – das 09h00 às 11h30
Leitura de rosto escondido /Contação de História
Coletivo Maria vai com as outras
Doutores da História
Sacoleitura

04 DE SETEMBRO (DOMINGO)

Manhã – das 09h00 às 10h00
Leitura de rosto escondido /Contação de História
Coletivo Maria vai com as outras

Integrantes dos Grupos

Coletivo Maria Vai Com As Outras (Recife): Rosicleide Trindade Dos Santos, Ieda Regina Mendes Emídio, Maria Auxiliadora de Figuerêdo Barros, Rejane Cristina dos Santos Pinheiro, Ivone Mendes Emídio

Doutores Da História (Bezerros): Maria Cristina da silva, Maria do Socorro Silva, Maria do Carmo Alves, Maria Tatiane Santos, Silva, Cícera Maria Santos, Maria da Conceição Araújo Rodrigues Silva, Katia Mitiê Veríssimo

Sacoleitura (projeto voluntário de promoção de leitura): Maria José Arimateia, Simone Arimateia, Rosário Gomes

Galeria ArtFLIPO: Olhares sobre as Artes
Galeria HTur – Calçadão Beira Mar
Exposição Individual de Vera Sato

Tribuna da Arte
Praça das Piscinas Naturais
Apresentações de performances poéticas e musicais
Coordenação: Bernadete Bruto

6ª feira, dia 02 de setembro
17h30 – Microfone aberto
Participação Especial: Ronaldo César, Colli Holanda, Poetas do Improviso

]Sábado, dia 03 de setembro
17h30 – Microfone aberto
Participação Especial: Josessandro Andrade. Luis Carlos Dias, Paulo Viola

Alameda dos Livros
Coordenação Geral: Marina Sales
Local: Calçadão Beira Mar, Rua da Esperança e Rua Beijupirá

Vitrine de Lançamentos
Coordenação Geral: Neilton Limeira
Tenda de Lançamentos

Local: confluência das Ruas da Esperança e Beijupirá

Dia 02 de setembro

16h00 - A poesia, de João Dummar.
16h30 - Como e porque sou filósofo, sendo e não sendo antropólogo, de Caesar Sobreira
17h00 - Movimento Poetas na Praça: entre a transgressão e a tradição, de Douglas de Almeida
17h30 - Minha verdade sobre a ditadura em 64 charges, de Clériston Andrade
18h00 - Arca do Tempo, de Eugênia Menezes

Dia 03 de setembro

16h00 - Com cheiro de mar e quixabeira, de Josessandro Andrade
16h30 – Simples Mente, de Eugênia Miranda
17h00 - Nas Entrelinhas da Vida, de Francisco Nóbrega
17h30 - Danças Brasileiras, de Antônio Alves

Cidade Cenográfica
Coordenação Geral: Kiko Lacerda
Rua Beijupirá
Tema: Sítio do Pica-pau Amarelo

Espaço Escoteiros do Brasil
Coordenação Geral: Sérgio Santos
Praça das Esculturas

Atividades - Divulgação, Literatura, Canções e Jogos Escoteiros, Demonstração de Nós e Amarras, Apresentação de atividades náuticas; oficinas sobre a utilização correta de equipamento de segurança náutica.

Instrutores - Alex Rocha, Bruna Rafaela, Henrique Banda, Ivanildo Araújo, Almon Almeida, Manasses Monteiro, Ivaldo Vieira, Leoclaúdio Nascimento, Alexandre Bernardino, Mayara Nascimento

Encerramento da FLIPO
Dia 04 de setembro
12h30
Local: Palco das Piscinas Naturais
Apresentação: Eduardo Garcia
Show de Encerramento: Isaac Sete Cordas